Conselho Geral manifesta-se contra “Mega-Agrupamentos”

O Conselho Geral da Escola Secundária da Baixa da Banheira, reunido no dia 30 de Junho, apreciou o conteúdo da Resolução do Conselho de Ministros 44/2010, de 14 de Junho de 2010, que estabelece a reorganização da rede escolar e tomou conhecimento da forma como está a ser implementada.

Assim, manifesta este Conselho a sua perplexidade e discordância pela forma pouco democrática como foi desencadeado o processo, dado que os elementos directamente visados nesta reorganização não foram ouvidos, não lhes foi solicitado qualquer parecer, tomando conhecimento apenas de decisões arbitrárias, tomadas com total desrespeito pelo trabalho desenvolvido nas escolas e pela legislação em vigor.

Independentemente dos objectivos desta reorganização, consideram os elementos deste Conselho que a comunidade educativa tem um conhecimento privilegiado da realidade e do funcionamento de cada estabelecimento, pelo que seria natural e vantajoso para o processo que a sua opinião fosse considerada, tanto mais que ela se fundamentaria em critérios pedagógicos, que mais se adequassem à realidade de cada contexto.

Não compreende este Conselho qual a razão porque não foram chamados a participar como parceiros aqueles que necessariamente terão de harmonizar projectos que conduzam à melhoria das aprendizagens dos alunos, aquilo que é, de facto, o grande objectivo dos profissionais da educação.

Consideramos que não haverá “reorganizações de sucesso” enquanto forem feitas a partir do exterior, sem levar em linha de conta a análise daqueles que quotidianamente se esforçam no terreno para cumprir, da melhor forma, a sua missão.

Consideramos também que a educação neste país terá muito a perder enquanto não existir uma atitude de diálogo e de harmonia nas tomadas de decisão entre todas as partes envolvidas.

Aprovado por unanimidade em reunião do Conselho Geral da Escola Secundária da Baixa da Banheira.